as últimas

8 de março, aniversário d...

Aos 46, sem plástica

Comer com os olhos

Reuse, Reduza, Recicle

Carlos Gomes, forever

Dalits. Quem são?

Cadê o teatro que estava ...

AIDS além de dezembro e d...

Brad Pitt aos 80

Vem aí a onda indiana

guardados

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Domingo, 8 de Março de 2009

8 de março, aniversário de Maria Bonita

 

 

 

 

 

 

 

O ícone da mulher nordestina, mulher guerreira, nasceu ironicamente num dia 8 de março. Foi em 1911.
Maria Bonita foi a primeira mulher a participar de um grupo de cangaceiros.

 

É uma história que todas nós devemos conhecer.

 

Postado por Maria João

 

Beijos para todas. A luta continua.

 

estamos: fortalecidas
música: Zé Geraldo - Maria Bonita

publicado por astresmarias às 23:00

link do post | qual a sua opinião? | favorito
|

Quarta-feira, 4 de Março de 2009

Aos 46, sem plástica

 

 

A atriz Cláudia Ohana já é avó de um garoto de 3 anos, o Martin. E na sua profissão quanto mais cuidados com o corpo, melhor. É trabalho garantido. Mas ela garante que a sua boa forma se deve apenas à malhação e que nunca fez plástica, nem aplicou botox.

 

 

É, mas a genética também deve ter sua parcela de culpa, né?

 

Postado por Maria João

 

Fonte: Bluebus

 

estamos: fechando a boca
música: As Frenéticas - Perigosa

publicado por astresmarias às 12:32

link do post | qual a sua opinião? | favorito
|

Quinta-feira, 26 de Fevereiro de 2009

Comer com os olhos

 

Um site, criado neste mês de fevereiro, e que já está com uma média de 188 mil vititas por dia, mostra com poucas palavras, ou nenhuma, a razão da obesidade ser um problema que está incomodando muita gente.

 

"This is why you're fat - where dreams becomes heart attacks" (em português, "É por isso que você é gordo - onde sonhos viram ataques cardíacos") não precisa de texto: a série de fotos que mostram comidas altamente calóricas já diz tudo.

 

A galeria reúne fotos enviadas por internautas e é um banquete de adoração - com uma boa pitada de ironia - à gordura, aos açúcares e carboidratos. Quanto mais calórico e menos saudável, melhor.

 

O cheeseburger, por exemplo, ganhou uma versão que substitui o pão por um donut, e tem ainda queijo cheddar e bacon. O bacon, aliás, está por tudo, até em doces. A fritura não poupa nem os chocolates, e a "mistura" de ingredientes chega a tomar formas bastante inusitadas, como no prato "Turbaconucken": o frango é colocado dentro de um pato, que é colocado dentro de um peru - tudo, claro, coberto com muito bacon.

 

 

 

 

Postado por Maria João

 

Só de olhar as fotos já me sinto cometendo o pecado da gula. Brurlp! (arroto).

estamos: Satisfeitas
música: Forró Lenhada - Vamos beber porque comer engorda

publicado por astresmarias às 21:41

link do post | qual a sua opinião? | favorito
|

Terça-feira, 24 de Fevereiro de 2009

Reuse, Reduza, Recicle

 

 

 

Uma campanha bem-humorada de conscientização para a reciclagem está sendo feita em Londres. Com o mote 'Starve your Bin' ('Deixe seu lixo morrendo de fome'), mostra como é possível diminuir a quase zero o volume de resíduos jogados no lixo comum e aumentar a quantidade de itens que vão para o lixo reciclável.

 

 

 

 

Uma prova de que estamos tão atrasados - por aqui a campanha (fraquinha, por sinal) é pra convencer as pessoas a começarem a reciclar alguma coisa. Veja o site oficial de Londres.

 

Vi essa notícia no bluebus e achei que devia compartilhar.

 

Postado por Maria João

estamos: reciclando
música: Rita Lee - Nem Luxo, Nem Lixo

publicado por astresmarias às 01:39

link do post | qual a sua opinião? | favorito
|

Sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2009

Carlos Gomes, forever

 

 

 

A Tv Senado de Brasília vai exibir, no programa Parlamento Brasil, o documentário produzido pela TV Câmara de Campinas, que mostra a trajetória do famoso compositor campineiro, desde os tempos de menino na cidade até sua consagração na Europa.

 

No filme, cuja produção executiva é assinada pelo compositor Marco Padilha, as três repórteres da TV Câmara: Ana Bresil, Ana Beatriz De Faria e Pâmela Zanutello (atualmente na assessoria do vereador Miguel Arcanjo) percorreram a cidade, ouvindo depoimentos de pessoas no Centro e passando por locais onde o artista viveu.

 

Deliciosas histórias são contadas pela musicóloga e curadora do Museu Carlos Gomes, Lenita Nogueira, pela também musicóloga e intérprete de Carlos Gomes, Niza Tank, pelo maestro Roberto Duarte e pelo crítico de música e pesquisador José Alexandre Ribeiro.

 

O programa Parlamento Brasil é veiculado em diversos horários e o documentário Carlos Gomes Vida e Obra será mostrado hoje, às 21h30, amanhã, às 11h00 e 21 horas, no domingo, dia 22, às 23 horas e na segunda, dia 23, às 9 horas.

 

A TV Senado de Brasília pode ser vista pelo canal 9 da NET ou, pela internet, no “site” www.senado.gov.br



 

postado por Maria João



Parabéns à toda a equipe da Tv Câmara Campinas e, em especial, ao jornalista Arnaldo Boccato, pela bela condução do trabalho.


 

 

estamos: aplaudindo
música: "O Guarani" de Antonio Carlos Gomes

publicado por astresmarias às 16:43

link do post | qual a sua opinião? | favorito
|

Domingo, 8 de Fevereiro de 2009

Dalits. Quem são?

 

 

Na novela é tudo muito bonito. Até a vida sacrificada desses, que são considerados a escória da Índia, acaba sendo mostrada com aquela aura de magia, própria dos romances onde o importante é o “amor”.

 

A realidade, porém, choca até mesmo os que estão sempre em contato com notícias lidas em jornais de todas as línguas.

  

Os hindus acreditam que a humanidade é dividida em cinco grupos de pessoas - quatro deles se originaram do corpo do primeiro homem na Terra. Os dalits fariam parte do quinto grupo, pertencendo, segundo a tradição, a uma casta inferior.

 

 

Alguns fatos sobre os 300 milhões de Dalits escravizados e sem esperança debaixo do julgo do hinduísmo:


• A cada dia, três mulheres Dalits são estrupadas
• Crianças Dalits são freqüentemente forçadas a sentarem de costas nas suas salas de aula, ou mesmo fora da sala;
• A cada hora, duas casas de Dalits são queimadas;
• A maioria das pessoas das castas altas evitarão terem Dalits preparando a sua comida, por medo de se tornarem imundos;
• A cada hora, dois Dalits são assaltados.
• Em muitas partes da Índia, Dalits não são permitidos entrar nos templos e outros lugares religiosos;
• 66% são analfabetos;
• A taxa de mortalidade infantil é perto de 10%;
• A 70% são negado o direito de adorarem em templos locais;
• 57% das crianças Dalits abaixo da idade de quarto anos estão muito abaixo do peso;
• 60 milhões de Dalits são explorados através do trabalho forçado;
• A maioria dos Dalits são proibidos de beber da mesma água que os de castas mais altas.


Isso sem contar que
são vulneráveis a enchentes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Constituição indiana proíbe qualquer forma de preconceito baseado no sistema de castas. Mesmo assim tomamos conhecimento de absurdos como esses. E nos perguntamos: - O que podemos fazer por eles? A resposta é simples: - “Por enquanto, só podemos orar"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Postado Maria João

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

estamos: revoltadas
música: USA For Africa - We Are The World

publicado por astresmarias às 16:50

link do post | qual a sua opinião? | favorito
|

Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2009

Cadê o teatro que estava aqui?

 

 

 

Em 1850, quando a produção do café começava a dar sinais de desenvolvimento econômico a Campinas, ela ganhou seu Teatro Municipal, o São Carlos. Mas, em 1922, o mesmo teatro já parecia pequeno e não adequado ao porte da cidade que estava em plena expansão. O prédio foi demolido por uma causa nobre. Em seu lugar foi construído outro, muito maior, com 1300 lugares, Era o ano de 1930. Em 1959 ele recebeu o nome do filho ilustre da cidade, Carlos Gomes.

 

 

 

Passados 35 anos, estava sendo demolido, mais uma vez e, segundo algumas narrativas, de forma  repentina. Laudos afirmavam falhas estruturais que condenaram o prédio. A população campineira se ressentiu e não se satisfez com as versões dadas para explicar o inexplicável.

 

 

Agora, foi criado o "Movimento para um teatro de ópera para Campinas". Um espaço na internet onde todos os amantes da cultura, da memória da cidade podem aderir à ideia, deixar comentários, participar do abaixo assinado, para que Campinas tenha, novamente o espaço que lhe foi tirado e que, com toda a certeza, merece.

 

Hoje em dia, em seu lugar, no Largo que fica atrás da Catedral Metropolitana, só estabelecimentos comerciais. Onde era sua imponente entrada, com escadaria, está a C&A.

 

 

Do prédio original do Teatro Municipal sobraram algumas peças que foram incorporados ao acervo do Museu da Cidade.

 

postado por Maria João

 

 

 

estamos: interrogativas
música: Francisco Petrônio (de Carlos Gomes) - Quem sabe

publicado por astresmarias às 18:53

link do post | qual a sua opinião? | favorito
|

Sábado, 24 de Janeiro de 2009

AIDS além de dezembro e do Carnaval

 

  

Fala-se muito sobre a AIDS no mês de dezembro. É compreensível. A primeira semana do mês é dedicada ao tema. Em 1º de dezembro comemora-se (?) o Dia Mundial de Luta Contra a Aids. Campanhas são deflagradas por todo o planeta, na tentativa de diminuir os números dos afetados por esse mal que aniquila pessoas, famílias, amizades. O preconceito e a falta de consciência ainda é muito grande, o que faz com que as consequências da AIDS sejam elevadas ao extremo.

 

E há que se relevar o importante trabalho de prevenção contido nessas campanhas. O Brasil saiu na frente e é referência para o mundo. Mas este vídeo, produzido para ilustrar a campanha francesa contra a doença, é contundente, como acredito devam ser os alertas a qualquer tipo de perigo.

  

http://br.youtube.com/watch?v=l4Kj7qgIBwY

 

 

 

Já este outro vídeo, com a música "Say it's Not True" - do grupo Queen e vocal de Paul Rogers - mostra o estrago que a AIDS foi capaz de fazer no continente africano.

 

 

 

Quero citar, com todos os elogios possíveis, o Centro de Referência DST/Aids de Campinas pela seriedade e dedicação de toda a equipe que lá trabalha, sob a coordenação de Maria Cristina Ilário – enfermeira sanitarista. Campinas deve entregar meio milhão de camisinhas no próximo Carnaval.

 

 

Um beijo especial para o Eli Fernandes – assessor de imprensa.

 

Postado por Maria João  

 

 

 

 

 

 

 

 

estamos: Sensibilizadas
música: Queen & Paul Rogeres - Say It's Not True

publicado por astresmarias às 22:23

link do post | qual a sua opinião? | favorito
|

Quinta-feira, 22 de Janeiro de 2009

Brad Pitt aos 80

 

"A vida seria infinitamente mais feliz se nós pudéssemos nascer com a idade de 80 anos e gradualmente nos aproximássemos dos 18." A partir dessa célebre frase do escritor norte-americano, Mark_Twain, o escritor F. Scott Fitzgerald escreveu, nos anos 20, um conto sobre um homem que nasce velho e morre bebê.

 

 

A mesma estória está em cartaz nos cinemas com o título de "O Curioso Caso de Benjamin Button", cuja sinopse já desperta interesse imediato. O personagem título nasce no final da primeira guerra mundial, em 1918, com uma estranha doença. É um bebê com saúde e aspecto de um velhinho de 80 anos. Como sua mãe morre no parto, é abandonado pelo pai na porta de um asilo, onde acaba sendo acolhido. Apesar de desacreditado pelos médicos, Benjamin é criado pela zeladora do local e sobrevive. Ano após ano, a doença retrai e o menino parece rejuvenescer com o tempo.

 

 

 

 

O bom filme, onde se destaca o belo trabalho de maquiagem, é estrelado por Brad Pitt e Cate Blanchett. E deixa uma mensagem para reflexão: Não importa se nascemos velhos ou novinhos. A vida passa e tem que ser aproveitada, a cada dia.

 

 

Mas esse garoto, hein? Mesmo com 80 anos continua arrasando corações. Ai, ai (suspiros).

 


 

 


 Postado por Maria João

 

 

 

estamos: Encantadas
música: Mafalda Veiga - Velho

publicado por astresmarias às 13:39

link do post | qual a sua opinião? | ver comentários (1) | favorito
|

Segunda-feira, 19 de Janeiro de 2009

Vem aí a onda indiana

Começa hoje, mas as chamadas e entrevistas com os atores, em diversos programas da Tv Globo, já fizeram com que o nova novela das 8, Caminho das Índias, prometa ser um mega sucesso.

 

Se não fosse pela autora, Glória Perez, sinônimo de audiência garantida e de ótimos temas, a trama já seria uma festa para os olhos, masculinos e femininos. É só conferir o elenco, começando pelas duas beldades que vão protagonizar a estória: Juliana Paes e Márcio Garcia.

 

 

 

Além disso, o apelo que vai atrair as mulheres e amantes da moda é, com toda a certeza, a fluidez e o colorido do sari (traje nacional das mulheres indianas), batas, túnicas, kaftans, saias e as maravilhosas jóias e bijoux. Vai ser uma verdadeira invasão. Não foi diferente em O Clone, da mesma autora, lembra?

 

 

 

Em meio a isso tudo, Glória Perez, vai falar sobre a loucura humana. Um tema até agora tratado apenas na literatura e no cinema. Letícia Sabatella e Bruno Gagliasso interpretam pessoas insanas. E o competente Stênio Garcia faz o Dr. Castanho, psiquiatra que parece tão insano quanto seus pacientes.

 

 

 

É acompanhar pra ver se dá para achar normal gostar de ratos, comer com a mão (sem talheres), não beijar em público, só os homens poderem andar de mãos dadas. Cada nação com as suas tradições.

 

E viva a Índia!

 

 

 

postado por Maria João

 

estamos: na expectativa
música: mantra Bhajan Vrindadevi

publicado por astresmarias às 18:34

link do post | qual a sua opinião? | favorito
|

breve apresentação

procure aqui

 

Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


tags

todas as tags

vale um click

Fazer olhinhos

blogs SAPO

subscrever feeds